Por onde começar um projeto de cabeamento estruturado?

Por onde começar um projeto de cabeamento estruturado?

Antes de tudo, já sabemos que investir em cabeamento é de suma importância não apenas para as organizações, como também para a valorização dos imóveis e para o bom funcionamento da estrutura de TI do negócio.

Assim, garantir uma boa estrutura tecnológica influencia diretamente na otimização de serviços e, consequentemente, nos resultados almejados pelo profissional.

Quer saber mais? Então, leia o post até o final e saiba por onde começar um projeto de cabeamento estruturado.

O que é um cabeamento estruturado e por que o seu investimento é importante para o projeto de rede?

Cabeamento de forma estruturada é um sistema feito por uma determinada infraestrutura comum de:

  • Pontos;
  • Cabos;
  • Tubulações;
  • Equipamentos.

O seu objetivo nada mais é do que atender de forma flexível as aplicações de imagens, dados e voz de uma determinada edificação, adequando-se aos diferentes layouts, tecnologias e outras demandas pertinentes.

Além disso, o cabeamento estruturado é uma forma preventiva de evitar futuras dores de cabeça em médio e longo prazo. Esse sistema fará com que a estrutura de TI seja mais organizada e padronizada, garantindo maior segurança e desempenho no cotidiano de uma empresa.

Assim, os cabos podem ser redirecionados para sustentar uma nova tecnologia de forma mais prática. Ou seja, quando a empresa estiver acrescentando novos aparelhos tecnológicos, o layout poderá ser organizado em questão de minutos.

Quais são as normas estabelecidas para o projeto de rede?

Para dar início ao projeto de cabeamento, é necessário obter o conhecimento necessário em relação às normas impostas que giram em torno da atuação desse processo.

As principais normas da ABNT para projeto de redes são:

  • NBR5410:2005 que trata de instalações elétricas de baixas tensões
  • NBR14565:2019 que fala sobre cabeamento estruturado para edifícios comerciais
  • NBR16415:2015 que trata de caminhos e espaços para cabeamento estruturado

Além disso, é importante ressaltar a importância de conhecer normas e padrões internacionais, nas quais as normas brasileiras possuem como base.

Existem alguns padrões definidos pela:

  • ISO (International Organization for Standardization)
  • TIA (Telecommunications Industry Association)

 

Principais ferramentas para cabeamento estruturado

Tendo o prévio conhecimento sobre o projeto de rede a ser feito, é preciso buscar as ferramentas certas para realizar todo o processo. Entretanto, com os avanços tecnológicos que ocorrem constantemente, novas ferramentas surgem, e para acompanhar essas tendências e atender a todos os requisitos, é necessário o uso de ferramentas de desenhos integrados com cálculo.

Trata-se de plataformas onde são gerados vários tipos de desenhos inteligentes com os Racks e demais equipamentos, inspirando-se em normas técnicas, visualizações 3D, levantamento de materiais e interoperabilidade BIM, em base de importação e exportação de modelos de arquivos IFC.

Conforme vimos, garantir uma estrutura de cabeamento estruturado para um negócio não só traz maior segurança e organização, como também agiliza processos e otimiza tempo com suportes desnecessários.

Agora que você já sabe por onde começar o seu projeto de rede, acesse o nosso site e conheça os nossos serviços.


Deixe um comentário